Sábado, 14 de Junho de 2014

 

Não se trata de culpar ninguém por nada e muito menos por alguma coisa, trata-se de constatar que é muito difícil chegar a algum lado, quanto mais a nenhum, com gente assim. Proponho portanto que elaboremos um documento em que sejam sumariamente explicadas algumas noções que, depois de interiorizadas, poderão coisar ações capazes de rebolar em direção a um objetivo, logo se vê qual. Vamos então começar a desenhar a semirreta.

 

1. É importante que aprendais a distinguir entre raciocínio e reflexo condicionado. Não sendo previsível que tenhais disponibilidade para as minudências desta diferença, tão subtil como a reverberação das vossas palavras de ordem dentro de uma manilha de saneamento, segue a regra simples, de acordo com o enunciado acima: quando notardes que vos estais a babar, largai o que estiverdes a fazer, mesmo que caia ao chão e se parta. Não faz tanto mal. As coisas refazem-se, enquanto que as palavras, mesmo em desordem salivar, valem sempre menos do que queremos e mais do que julgamos.

 

2. ___________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

 

3. ___________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

 

 

E.

despesadiaria às 00:23
|

.Arquivo

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014