Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

 

It's the little differences.

Vega, Vincent

 

Cresci num hospital - emprego dos pais - e numa fábrica de gelo - emprego do tio. Como nunca fiquei doente em quase quarenta anos e nunca sinto frio, dir-se-ia que levo a sério a máxima de não se voltar aos sítios onde se foi feliz, mas pelo contrário. Ofende-me que os sítios vão à sua vida, ou, muito pior, a mudem.

Querem extremos?

Não gosto destas estações de metro de Lisboa, tenho saudades das que eram literalmente cinzentas com os intrigantes pontinhos brilhantes nas superfícies. Tenho inveja do metro de Paris, não por ser feio, mas porque se eu vir o Pickpocket, que é de 1959, está tudo na mesma. Não é uma resistência à mudança prática, portanto. É quase um reflexo hipster (coitados, eles têm coisas boas).

Outra situação.

Havia em Alcântara uma passagem pedonal que ligava a estação Terra à estação Mar (nomes bonitos), à altura os dois pontos mais próximos entre a linha de Cascais e restante rede a norte. Mil e duzentos metros de um túnel vermelho acima das nossas cabeças, quase em linha recta, com eficazes passadeiras rolantes, tudo inaugurado com orgulho pelas autoridades. Já era hediondo, mas pouco demorou (falo de meses) a que a decadência dos materiais e demasiadas exigências de manutenção tornassem o monstro ainda mais deprimente. O cenário piorava quando a ponte descia para baixo de terra, onde se podia assistir em directo aos efeitos do rio subterrâneo sobre a arrogância da má engenharia. Assim lá ficou, por mais de vinte anos. Há uns quinze que as passadeiras não funcionavam, os vidros outrora transparentes eram agora placas brancas, onde ainda existiam. Restava a dignidade de acabar com aquilo, e assim foi feito há uns dois anos, com resultados espectaculares, espaços verdes, casas e restaurantes passaram a ter luz directa pela primeira vez. Foi pelo melhor. Eu, por mim, fiquei um bocadinho triste.

Isto para dizer: já foram ao British Bar desde que reabriu?

 

Gouveia

despesadiaria às 12:48
|

.Arquivo

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014