Quinta-feira, 13 de Novembro de 2014

 

Sim, já estou melhor, obrigado. Tenho vindo a já estar melhor desde __/__/__ (ano/mês/dia). Começou logo a seguir a ter deixado de piorar, após um curtíssimo período de travessia da planície. Aliás, essa evolução foi tão amplamente publicitada que não considerei a hipótese de haver quem ainda o não soubesse. Mas, agora noto, já por vezes se anuncia aquela sensação de bolha imobiliária na cabeça que só desaparece quando a desço uma rua, o sinal de que em breve ficarei quase farto de já estar melhor. Ou de que ando a comer demasiados carboidratos. Em qualquer dos casos, talvez seja novamente chegado o momento em que o círculo evita, da maneira mais eficiente que conhece, fechar-se: armando-se em espiral sinistrógira. Ou seja, sim, ainda estou melhor, obrigado. Tenho vindo a ainda estar melhor desde que me perguntaram.



E.

despesadiaria às 16:00
|

.Arquivo

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014